Amanda Carneiro
4 min readMar 8, 2019

8 de março

Querido diário, hoje é dia internacional da mulher.

Honestamente não sei o que isso quer dizer. Eu deveria estar feliz por ter um dia no ano que é só para as mulheres?

Acho que sim, hoje é o dia para lembrar e reconhecer todas as mulheres, as mães, as cientistas, as empresárias, as donas de casa, as domésticas, as professoras, todas as mulheres. Hoje é o dia para entregar uma flor para aquela mulher que voce ama e respeita, é o dia de falar para ela o quanto ela é importante…

Pensando melhor, acho que não estou feliz por existir um dia só para isso. Lembrar da importância da mulher deveria ser uma coisa diária. Aceitar a mulher em todos os nichos do mercado de trabalho deveria ser uma coisa rotineira. Reconhecer o valor que a mulher agrega à sociedade deveria ser algo natural. Ser mulher e sair na rua à noite não deveria ser motive de medo. Ser mulher e ter que provar o tempo inteiro que é inteligente não deveria ser normal. Mulher sendo assediada não deveria ser notícia diária no jornal. Ser mulher e ter que sofrer por cada mísera escolha não devia ser assim, mesmo. Ser mulher e ser mãe deveria ser uma escolha, não uma obrigação. Receber um “feliz dia da mulher” no dia de hoje não ameniza tudo pelo que nós temos que lutar todo dia por esse simples fato: ser mulher.

Tem homem que vai dizer “feliz dia da mulher”, mas chega em casa e bate na sua esposa, tem homem que grita com as filhas, bate na mãe, trata a colega de trabalho com desrespeito. Tem homem indo dizer “feliz dia da mulher” para a amante, enquanto a esposa está em casa sendo fiel a ele. Tem homem que diz “feliz dia da mulher” hoje para assassinar a namorada a pancadas amanhã. Tem homem falando “feliz dia da mulher” pra uma e assediando a outra. Tem homem estuprando, espancando, assediando, desrespeitando,invadindo e a lista segue indefinidamente, tem homem fazendo todo tipo de coisa horrível com mulheres por aí. Então, definitivamente, nao é um “feliz dia da mulher” que vai resover isso ou se quer amenizar isso.

Nao deveria existir UM dia da mulher. Esse dia não deveria ser necessário. Nao existe o “dia do homem” porque homem quando nasce já ganha de presente, na maternidade ou até antes disso, o respeito. Quando vem um menino, desde cedo o mundo já fala para ele que ele é capaz. Que ele pode ser astronauta, cientista, super herói. Ele não precisa de um dia do homem, porque a posição dele no mundo já vem junto com o gênero que ele tem.

O dia da mulher se fez necessário para lembrar à sociedade, uma vez no ano, que mulher também importa, que mulher também é capaz, que mulher é forte, corajosa, inteligente. UMA vez no ano. E todo o resto, fica como? Será que um dia no ano é suficiente para fazer com que todos os homens entendam que mulher merece respeito todo dia? Será que um dia no ano é suficiente para que toda mulher possa escolher sua profissão baseada no que ela quer e nao no que é “coisa de mulher”? Será que um dia só é o suficiente para que namorados, maridos, pais, companheiros parem de achar que eles tem direito sobre a vida, o corpo, as escolhas das mulheres que estão em suas vidas? Parece que nao né… É só olhar as notícias dessa última semana. Assédio,estupro, assassinato e sempre aparece alguém falando: mas também, ela tava de roupa curta; mas também, ela falou com um homem estranho; mas também, ela estava sozinha na rua… O discurso segue sendo o mesmo. E a culpa continua sendo da mulher. Enquanto isso continuar acontecendo, significa que a sociedade e os homens não respeitam as mulheres como deveriam. É óbvio que existem os homens que respeitam, amam, cuidam, mas esses sao a excessão. São os unicórnios dos homens, são os poucos que reconhecem seu espaço de privilégio e sabem olhar para as mulheres e entender o que acontece com elas.

Então, querido diário, eu não estou feliz porque ainda precisamos ter um dia da mulher. Ainda precisamos lembrar que somos humanas e merecemos respeito. Ainda temos que dar explicação e justificativa para a nossa existência. Ainda temos que aceitar o que não queremos pelo simples fato de sermos mulheres. Hoje não é um dia para comemorar. Não é um dia de alegria. É um dia para olhar em volta e prestar atenção.

Homem, essa é pra você: Só diga “feliz dia da mulher” se você compreender o que é ser mulher, se você respeitar todas as mulheres do seu convívio, se você não assobiar na rua para uma mulher deixando ela desconfortável e com medo, se você nao tiver uma amante enquanto tem uma namorada ou esposa, se você não achar que deve ganhar um salário melhor porque é homem…

Sobre tudo isso, como já diria Tati quebra barraco: quem gostou bate palma, quem não gostou… paciência.

Eu realmente espero que um dia desses, não seja mais necessário um dia no ano para falar que mulher merece respeito, merece amor, merece reconhecimento, merece opção de escolha. Eu realmente espero que um dia homem e mulher tenham os mesmos direitos de verdade. Até lá, feliz dia da mulher, para todas as guerreiras que conheço e que não conheço também. Feliz dia da mulher, parabéns pela coragem, porque ser mulher é um ato de coragem.

Amanda Carneiro

Engenheira de software, apaixonada por tecnologia. Amo arte, amo conhecer lugares novos e viver viajando é o que me motiva todos os dias.